http://www.one.org

 

 

 

 

 





 

 



Diga lá! O que você está fazendo?


Comecei na publicidade fazendo arte final colando os textos de fotocomposição e riscando cruz de corte com caneta nanquim. Com a compra de um pc na agência em que trabalhava, conheci o CorelDraw e fiquei maravilhada com a paleta de cores digital. Sempre amei aquelas caixas de lápis com dois andares e um zilhão de cores. E a versão digital me agradou muito. A partir daí, grudei na tela e não parei mais de aprender os softwares necessários. Photoshop, Freehand - apersar de não usar mais, gosto mais do que o Illustrator, InDesign, Fireworks, Dreamweaver, Flash. Quando comecei a aprender Flash, em 1999, acabei virando uma especialista, pude fazer uns trabalhos bem bacanas ganhando alguns prêmios com eles. O Flash era a coqueluche do momento, não havia um que não conhecesse o site animado eye4u.com, referência da época. Claro que por ser uma ferramenta de fácil aprendizado, popularizou-se e todos os clientes queriam sites em Flash, e com introdução! Como tudo que é popular, todos usam, inclusive as pessoas de gosto bem duvidoso como essa anti-referência.
Depois do exagero, vem a ressaca. Além disso tecnologias surgiram, outras se aprimoraram. E ficaram mais evidentes todos os problemas e limitações do Flash em tempos de web 2.0. Mas sou liberal e acho que todos tem espaço no infinito mundo da web.
Para fazer um intervento como esse que fiz há pouco para o governo do Paraná, através da produtora Temple Frame, com ilustração do Sputinik Studio, não vejo melhor solução do que usando o Flash.
Porém também acompanho as mudanças como sempre fiz. E como quem fica parado é poste estou aprimorando meus conhecimentos em css e começando estudos sobre o Drupal. Já mudei meu plano de hospedagem para começar a colocar em prática os ensinamentos do livro.

 

 








SABER VIVER
Cora Coralina

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar.


...

post atual POST ATUAL


POSTS::::::::::
PASSADOS:::::::::


fev 2010 ......
Quino, sempre genial


janeiro 2010 ......
Ano novo, vida nova

setembro 2009 ......
Podcasts


13/07/09 ...........
O fim da luz

20/06/09 ...........
Equilíbrio

11/01/09 ...........
Liberdade liberdade, abre as asas sobre nós

09/12/08 ........
Moro em um país tropical
...

22/11/08 ........
ArtFutura
...

20/10/08 ........
La crisis
...

20/9/08 ........
Catalão e Mussum, forévis
...

19/8/08 ........
London London
...

1/8/08 ........
Prós e Contras
BCN - CWB
...

14/7/08 ........
Noche blanca em Montjuïc
...

22/6/08 ........
Barcelona é uma festa
...

7/6/08 ........
4º apto e CCCB

...

31/5/08 ........
MACBA e ópera para crianças

...

abril2008 ........
A UE e imigrantes
...

01/04/08 ........
O bairro do Raval
...

março 2008 ........
3º apto: caverna surreal
...

fev/mar 2008
mídia da desgraça

abr 2008
São Jorge e a Catalunha

mar 2008
Dia Internacional do Livro e iwhith.org
...

mar 2008
Tanque e podcast
...

fev 2008
a 'véia' e o 'véio'. e o mundo.