http://www.one.org


Me deparei com essa festa indiana no Raval,
bairro retratado no último post


comentários >>

Com link do youtube facilitou, sem o player do flash, q sumiu, sem tempo agora de ver o porquê, não estava rolando.

Bom, recebo power points, correntes, fots etc , tudo dobrado, pq vêm de meus pais e minha tia, q mandam os mesmos, dois, às vezes três vezes. Recebi esse vídeo há uns meses, com assunto: A criança que calou o
mundo por 5 minutos.

Assisti-o apenas semana passada, me emocionei, chorei e compartilho.Que mundo é esse em que há uma organização das crianças em defesa do meio ambiente? É tempo dos adultos cuidarem do planeta. E de nossas crianças.




Manchete no jornal: "La UE prepara la expulsión de ocho millones de inmigrantes sin papeles." Com as políticas ultra-direitistas de Berlusconi e Sarkozy, o aumento de imigrantes e a crise econômica de alguns países, a União Européia quer endurecer suas leis, aumentando o tempo de reclusão, repatriando aos países q tem acordos bilaterais e proibindo o retorno à Europa por cinco anos. A Itália já começou, em um dia prendeu 400 pessoas. O governo espanhol diz que não concorda com a política xenófoba italiana e declarações da vice-presidente já criaram mal-estar entre os dois países. Não acho correto a mendicância, mas acho q se um país promove a integração com emprego e valorização, a imigração não será responsável pelo aumento da criminalidade no país.

Agora minha pergunta é: Por que governantes sentem-se no direito de invadir, colonizar, escravizar, saquear povos e nações e não sentem-se no dever de compartilhar e ajudar estes mesmos países qndo estão em dificuldades?
Quando imigraram no novo mundo no ciclo do café ou em época de dificuldades e guerras no velho mundo, os italianos, espanhóis, ucranianos, alemães, judeus, sírios, libaneses, japoneses, poloneses, entre outros, foram bem recebidos, se misturaram, tiveram oportunidades. E agora discriminam, excluem e expulsam?

Conhecemos bem nossas mazelas e injustiças. Sabemos que nem tudo são flores em nossa natural alegria e simpatia, mas acredito que a política governamental de uma nação é um importante passo para a mudança da mentalidade do indivíduo. Daí a importância da moral e bons costumes de quem está no poder.

E a última declaração na matéria do El País titulada no início deste texto: "Es bastante vergonzoso", señala un funcionario comunitario español, "que nosostros que hemos sido recibidos con los brazos abiertos en Argentina, México y Venezuela, en momentos muy difíciles de nuestra historia, les demos ahora la espalda".



"O espírito humano está repleto de paixões; mas esse espírito infeliz, cuja depravação natural é tão grande quanto sua aptidão repentina, quase paradoxal, à caridade e às virtudes mais árduas, é fecundo em paradoxos que lhe possibilitam usar para o mal o excesso desta paixão transbordante."
C. Baudelaire

...

 

POST ATUAL

POSTS::::::::::
PASSADOS:::::::::

01/04/08 ........
O bairro do Raval
...

março 2008 ........
3º apto: caverna surreal
...

fev/mar 2008
mídia da desgraça

...

abr 2008
São Jorge e a Catalunha

mar 2008
Dia Internacional do Livro e iwhith.org
...

mar 2008
Tanque e podcast
...

fev 2008
a 'véia' e o 'véio'. e o mundo.