http://www.one.org

Essa gritaria aconteceu já bem tarde, pra eu me dispor a levantar e gravar quer dizer que a mulher já tinha berrado muuito. Em outras vezes ainda tinha uma segunda frase - que así no se puede descansaaaaaaaaaaar! Detalhe: não se ouvia música nenhuma! Ou a mulher era louca ou ela estava tão longe q o som não chegava até nós.


Não deixe o volume muito alto e aperte o play.

 

 





Bom, depois do quarto conseguimos alugar um apartamento, pequeno mas pelo menos sem precisar dividir cozinha e banheiro. E pagando o mesmo preço, 500 euros. (tinha dito 600 mas na real eram 500). E ainda tínhamos armário, elevador e porteiro no prédio, luxo total. E do lado de fora do apê rolava internet de algum vizinho bondoso. Ou desavisado. Depois comecei a achar muita cara de pau ficar sentadona ali chupando a conexão alheia e passei pra dentro de casa, com o laptop grudado na porta.

É muito difícil alugar apto em Barcelona se vc não estiver
trabalhando com contrato ou não tiver uma boa grana no banco pra deixar como garantia, o que significa que você não pode usar esse dinheiro, o chamado aval bancário.

Nesses casos rola de dar sorte e sub-alugar de alguém que esteja viajando, foi o que aconteceu conosco. A garota, uma jovem professora universitária, foi passar dois meses em Madrid e nos alugou sem complicações, isso porque fomos os primeiros a responder ao anúncio e ela simpatizou conosco.


Então tínhamos um mês pra descansar da procura incessante por piso e dpois voltar ao loquo.com, site de busca de tudo mais popular.

Enquanto a paz reinava dentro de nosso lar, os vizinhos do prédio ao lado brigavam aos berros e o do apartamento de cima cantava a mesma música no karaokê o dia inteiro.

Mas tudo bem, era verão e na espera da burocracia pra sair os papéis pro marido poder trabalhar e eu com alguns freelas, podíamos ir pra praia direto, melhor programa pra quem tinha que economizar os reais enquanto não entrava muito euro.



















Ok, algo tem q acontecer, e que não seja o fim do mundo. Tenho uma história bem surreal e catastrófica sobre 2012 que um amigo contou. Porém não é disso que quero falar agora. Entretanto acredito que deve haver uma mudança em muitas áreas, e acho que seria bem proveitoso se iniciasse pela imprensa. Esse poder imenso de jornalistas, publicitários, editores, designers, diretores, atores, cantores, blogueiros, todo mundo que de alguma forma está envolvido com mídia. Na real qualquer pessoa conversando com outra é mídia, o velho boca-a-boca. Então acho q deve-se mudar o discurso. Esse sensacionalismo exagerado, essa sede por fofoca e desgraça, essa apropriação e exacerbação da tragédia e do pânico não são nada bons. Às vezes até surpreendo-me com minhas idéias meio "bicho-grilo" porém acredito em vibrações boas, mudança da energia do planeta, nova era, crianças índigo e duendes. Posso ser viajandona demais. De qualquer forma acho que é hora de dar status de celebridade a mentes célebres e não corpos sarados ou plastificados. Aliás falando em plástico, algo deve ser feito urgentemente com as embalagens, não é possível que continuemos produzindo tanto lixo! Defendo a volta do saco de papel no supermercado, da extinção da caixa de pasta de dente e do uso de plástico biodegradável. É mais caro, mais difícil? Não importa, chega de gastar dinheiro com lixo! Concluindo, é época de mudança de valores, de valorização do bem, de boas causas.


...

POST ATUAL














Tweets by @ludamato